Loading...

Blog

17 09, 2018

Poemas de uma carioca desgarrada (XXII)

2018-09-17T00:39:03+00:0017 de setembro de 2018|0 Comments

Quem me dera o estilo do suicida em seu último bilhete. Isto sim é conhecer o sortilégio” (Dalton Trevisan)   Minha namoradinha de pré-adolescência (rolava beijo?), manufaturadora de objetos e coisinhas que fascinariam Tati Bernardi (roteirista bem sucedida, mulher quanto mais braba, mais sedutora), a toda toda bisavó Alana se engajou neste setembro, o mês mundial de

26 08, 2018

Eneagrama (II)

2018-08-26T16:34:17+00:0026 de agosto de 2018|0 Comments

Inúmeras estórias e lendas retratam esta luta do arquétipo do herói contra seus adversários, geralmente representados por três ou quatro missões ou provas iniciáticas, ou ainda nos inimigos que o protagonista transforma em aliados para vencer o antagonista principal durante o decorrer da narrativa. A mais conhecida talvez seja a estória do Mágico de Oz,

22 07, 2018

Eneagrama

2018-07-22T19:36:50+00:0022 de julho de 2018|0 Comments

Aprendi que a palavra não foi feita para enfeitar, mas para dizer. - Geovani Martins - Consenso geral, os blog, nimbados todos de autorreferências, são das mais crepitantes fogueiras de vaidades. Num paradoxo, aproveito vaidosamente meu plantão neste espaço (autoridade houve que, noutra beirada do caldeirão dos desatinos judiciários, obrou em pleno desfrute de merecidas férias)

7 07, 2018

1953, o ano que acaba quando termina

2018-07-18T22:03:14+00:007 de julho de 2018|1 Comment

Assim é a vida. Um dia estamos, no outro, já não. A fila é longa. Mas aquele que, ao morrer, reacende em nossa memória o espírito de um tempo volta, imediatamente, a figurar entre os vivos. Como em imagens coloridas de vídeo. (Arnaldo Bloch) Meu pai comentava vez que outra sobre o desalento de entrar

3 06, 2018

Obsessões musicais (XIII)

2018-06-03T05:48:38+00:003 de junho de 2018|0 Comments

Eu lembro da moça bonita/Da praia de Boa Viagem/A moça no meio da tarde/ De um domingo azul/Azul, era Belle de Jour/Era a bela da tarde/Seus olhos azuis como a tarde/ Na tarde de um domingo azul/La Belle de Jour... - Alceu Valença – No copo de vitamina ali, em cima da mesa, há três

20 05, 2018

Álbum da Copa 2018

2018-05-20T18:09:24+00:0020 de maio de 2018|0 Comments

O de 2010, Áfica do Sul, eu localizei. Cadê o de 2014? Minha convicção, não o joguei fora, talvez o recomendável haja vista aquelas duas páginas do album cheias de chucrutes. Sem possuirmos sete vidas, nos massacaram sete vezes em Belo Horizonte (quanta ironia nesse nome). Passado. O negócio é arrostar as rimas pobres e

10 05, 2018

Memórias/Memorialistas (LVI)

2018-05-11T12:44:05+00:0010 de maio de 2018|0 Comments

Eis porque adoro a conversa calma e amigável; o ambiente que acolhe e não acusa; a amizade que não pressupõe malícia da outra parte; a autoridade do saber, e não a de mando; a democracia parlamentar, e não a tirania. (Francisco Daudt) Não me desprego do século p. passado, o foco ainda nas décadas iniciais,

7 04, 2018

Memórias/Memorialistas (LV)

2018-04-07T16:58:38+00:007 de abril de 2018|0 Comments

Acho que a resposta está em como o cérebro processa experiências e memórias não como registros dos sentidos em isolado, e, sim, um registro unificado do amálgama de tudo o que acontecia no momento, do lado de fora e de dentro do corpo.  Suzana Herculano-Houzel Oriundo das Minas Gerais, meu pai não era todavia muito