Monthly Archives: julho 2016

29 07, 2016

Histórias do teatro brasiliense (V)

2016-07-29T22:10:09+00:00 29 de julho de 2016|0 Comments

E prosseguimos na cabine de Fernando Pinheiro Villar e de Eliezer Faleiros de Carvalho, historiadores do teatro de Brasília. Nosso trem para na estação e o alto falante anuncia: “O início da década de 1970 apresenta um pequeno movimento que vai se intensificando com o passar dos anos, ainda com uma forte marcação da censura.

25 07, 2016

Memórias/Memorialistas (XLVI)

2016-07-25T19:39:20+00:00 25 de julho de 2016|0 Comments

http://vignette1.wikia.nocookie.net/gabrielcavalcanti/images/2/2a/Jumento.jpg/revision/latest?cb=20110729151616&path-prefix=pt-br Eu, eu sou um Jumento. Não sou bicho de estimação. Não tenho apelido, não tenho nome, nem estimação. Sou Jumento e pronto. Na minha terra também me chamam de jegue E me botaram pra trabalhar na roça a vida inteira. Trabalhar feito um Jumento. Pra no fim.....nada. Minha pensão, nenhuma cenoura. Acho que

21 07, 2016

Histórias do teatro brasiliense (IV)

2016-07-21T00:05:34+00:00 21 de julho de 2016|0 Comments

Ao trazer o restante das dedicatórias feitas por diversos artistas das cênicas à minha neta Aline Padilha – que estreou no palco aos quatro meses de idade e até hoje, perto dos vinte anos de existência, dá umas canjas no palco -, lanço-me novamente ao relato do Eliezer e dou todavia um salto no tempo,

16 07, 2016

Hermes – Ginástica local (II)

2016-07-16T16:45:51+00:00 16 de julho de 2016|0 Comments

Anúncio feito na postagem antecedente, eis a matéria sobre a atuação do Hermes na academia. Felipe Menezes/Metrópoles Conheça “Hermes do local”, um dos professores mais queridos do DF Ele dedicou a sua vida a dar aulas de ginástica localizada e hoje é um dos mais procurados dentro da sala de aula por mulheres

15 07, 2016

Hermes – Ginástica local

2016-07-15T12:55:36+00:00 15 de julho de 2016|0 Comments

Na mitologia grega, Hermes era o deus mensageiro, dos pesos e medidas, dos pastores, dos oradores, dos poetas, do atletismo, do comércio, das estradas e viagens e das invenções. Era considerado, na Grécia Antiga, o patrono dos diplomatas, dos comerciantes, da ginástica e dos astrônomos. (Suapesquisa.com) Grifei. Quem acidentalmente já leu este blog sabe que

8 07, 2016

Histórias do teatro brasiliense (III)

2016-07-08T15:31:51+00:00 8 de julho de 2016|0 Comments

Vencemos o prefácio e a introdução. E o fizemos com um bom saudosismo. Subsistem-nos, entretanto, dúvidas e incertezas em relação à data na qual o teatro de Brasília saíra do ovo (aqui, por enquanto, nada a ver com o Udi Grudi). O socorro pra gente virá, não das estrelas do belíssimo céu de Brasília, senão

3 07, 2016

Poemas de uma carioca desgarrada XVIII

2016-07-03T23:37:22+00:00 3 de julho de 2016|0 Comments

Volto a ter recaídas e traio a prosa. Se já declarei que não sou muito chegado a poemas, qual o motivo de abrir espaço novamente aos versos? Talvez pela expectativa de rebrilhamento. http://www.downloadswallpapers.com/wallpapers/2012/julho/estrela-brilhante-iluminando-wallpaper-15709.jpg FLOR DESERTA Com esse poder de passar sem se deixar levar pela torrente de acasos Quando parece que viramos o