Monthly Archives: março 2017

30 03, 2017

Bacenianas (X)

2017-03-30T17:23:45+00:00 30 de março de 2017|0 Comments

 Enfim, o fim com esta décima jornada.   A historinha se passara na Regional do Bacen lá se vão quase cinquenta anos, metade de um século. Se estrelada pelo nosso Ede, ninguém responsavelmente pode garantir. Espanco o fato. Acaricio a pós-verdade (eu não iria mais invocar o termo). Fico com a eventual versão, pois mais importante

26 03, 2017

Bacenianas (IX)

2017-03-26T20:46:43+00:00 26 de março de 2017|0 Comments

Ele perdeu tudo e não quis se separar do vidro com o pênis dentro para ter uma referência do que poderia ter sido. Isso tem a ver com a situação do Brasil. O livro (Pilatos) foi escrito em 72, logo depois dos acontecimentos políticos do final dos 60. Havia um clima de questionamento do que

22 03, 2017

Bacenianas (VIII)

2017-03-22T01:50:44+00:00 22 de março de 2017|1 Comment

A gastrite define-se como a inflamação do revestimento mucoso do estômago. A mucosa do estômago funciona como barreira de defesa, oferece resistência à irritação e, normalmente, pode suportar um elevado conteúdo ácido. No entanto, pode ficar “irritada” e inflamada por diferentes motivos. (Portal São Francisco) Meu prazo de cinco dias úteis esgotou-se. Não haveria tempo hábil para

14 03, 2017

Bacenianas (VII)

2017-03-14T16:06:13+00:00 14 de março de 2017|1 Comment

“Pronto!” Em regiões do Ceará, quando o turista pedia uma informação na rua, as pessoas locais, sempre solícitas, começavam a responder assim, sotaque delicioso: “Pronto, esse hotel que você procura fica a dois quarteirões daqui, em frente ao prédio da unidade de saúde nº 00.” Há cerca de cinco anos (não sei se algo mudou

8 03, 2017

Memórias/Memorialistas (XLVII)

2017-03-08T02:35:24+00:00 8 de março de 2017|0 Comments

Me esforçava, e nada de conseguir dar seguimento às postagens. Em situação de ser declarado conteudista falido, busquei novas energias e decidi que era o momento de verificar o diagnóstico e obter a cura, pena de não contar mais com a solidariedade dos pouquíssimos leitores e leitoras que eventualmente leem este blog. Peguei o endoscópio e

1 03, 2017

A vida no trem

2017-03-01T20:02:49+00:00 1 de março de 2017|1 Comment

“O trem que chega/É o mesmo trem da partida/ A hora do encontro é também despedida/ A plataforma dessa estação/ É a vida desse meu lugar./ É a vida desse meu lugar/ É a vida... O trecho acima, de Encontro e Despedidas, do Milton Nascimento, estaria mais adequado no tópico das minhas obsessões musicais, engatinhando