CB

Infelizmente (não, melhor tirar isso. É de mau aviso iniciar participação num blog com advérbio tão infeliz), não me causa tanta surpresa verificar que, por assim dizer, o Correio Braziliense não reconhece
o Mapati como fomentador de cultura na Capital Federal.

Ao ler a matéria de capa do Caderno Diversão & Arte de hoje, “Uma asa descolada”, com o subtítulo “Galerias, estúdios de tatuagem,
lojas de discos e outras iniciativas agitam a cena artística da Asa Norte”, procurei, procurei e… nada. Cadê a referência
ao nosso teatro? Passou batido.

Aliás, isso já houvera acontecido por ocasião de outra matéria (polêmica?, discutível?, laudatória?) dessa natureza,
na qual o CB figurou o panorama das artes cênicas de Brasília numa árvore, em cujos galhos aparecia o nome daqueles e daquelas
que o jornal considerava os/as principais partícipes historicamente
do segmento do teatro na Capital Federal (30, 40 atores, atrizes, grupos artísticos, não me lembro muito bem a quantidade). Uns com muito tempo de estrada; outros, recém-ingressados. E o Mapati, o naquela época já velhinho (mas não vetusto) Mapati, não fora incluído na flora, nos frondosos galhos espraiados pela primeira página do caderno 2, caderno B, caderno cultural.

O irônico é que Mapati (em realidade, Mapa’ti) significa, em tupi-guarani, o raminho da folha da figueira e da jaqueira. E a árvore protagonista do apanhado, açoitada pelo vento da banca de jornal, balançou, balançou, balançou tanto, que, se o nome de nosso teatro estava lá, caiu do galho e, por artes do editor, para lá não mais voltou.
E há quem aconselhe a não se perder pelo nome.

Ao tempo dessa primeira matéria, o Mapati havia muito ostentava expressivo curriculum de realizações artísticas. Imaginem o que nosso centro cultural teria realizado de lá (3, 4 anos) até este agitado sábado. Pois é, a despeito dos seus 22 anos de existência, estabelecido sempre
e sempre na 707 Norte, o Mapati foi descolado da asa.

Um reconhecimento se impõe: nossas colônias de férias têm sido tradicionalmente contempladas com boa cobertura do CB,
mas isso é assunto para um outro registro.

 

8 de setembro de 2013

(002)

mmsmarcos1953@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *