Hermes – Ginástica local (II)

Anúncio feito na postagem antecedente, eis a matéria sobre a atuação do Hermes na academia.

Felipe Menezes/Metrópoles
Felipe Menezes/Metrópoles

Conheça “Hermes do local”,
um dos professores mais queridos do DF

Ele dedicou a sua vida a dar aulas de ginástica localizada e hoje é um dos mais procurados dentro da sala de aula por mulheres de 18 a 65 anos

MARINA CARLOS

Todos os dias cerca de 50 mulheres acordaram cedo para fazer aula de local na BodyTech. Chegam com seus rabos de cavalos, tops recortados e calças coloridas e logo vão se arrumando ao lado de colchonetes, pesos e halteres. Assim que a música começa, malham a perna, braços e glúteos.
Saem de lá suadas, com os músculos fortalecidos e a sensação de dever cumprido. O motivo para arrastar essa multidão atrás de saúde e autoestima tem nome e sobrenome: Hermes Silva.

Todos os dias, há 32 anos, logo cedo pela manhã, o professor de local de 52 anos recebe suas alunas com sorriso discreto e muita timidez. Conhecido como “Hermes do Local”, ele é um dos educadores físicos mais queridos da capital e é capaz de levar uma enxurrada de alunas para a academia que for trabalhar.

A aula do professor dura em média 50 minutos e virou uma das mais requisitadas da academia BodyTech por sempre manter uma alta intensidade nos exercícios físicos. Hermes concentra seu trabalho na força física intercalando-a com a parte aeróbica, assim mantém o equilíbrio e uma boa frequência de movimentos no glúteo, pernas, abdômen e braços.

Acredito que as pessoas gostam do meu estilo porque inovo nos exercícios
e procuro ser diferente para a aula não ficar monótona

Hermes Silva

A fama de ser um dos melhores professores de local da cidade, não começou de um dia para o outro. Ao longo de muitos anos, ele construiu seu nome em Brasília longe dos holofotes e com humildade. Na década de 1990, por exemplo, o educador viajou por todo o Brasil para conhecer aulas de ginástica localizada de professores famosos da época. “Pegava meu carro e viajava pelo Brasil. Essas referências me formaram como profissional”, conta.

Todas as experiências vividas neste período foram importantes para construir a habilidade e técnica que tem hoje. Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis foram algumas das cidades visitadas por Hermes. Nestes locais ele ia com uma única determinação: aprender aulas com professores famosos. “Eu gostava de ser aluno de grandes nomes da educação física na época e de observar como eles davam aulas de local”, afirma.
O resultado valeu a pena. Com a agenda cheia, desde as 7h da manhã até o final do dia, ele dá sete aulas de local e personal para algumas alunas. Nos poucos horários livres que resta, Hermes se dedica a natação e treinos funcionais para manter a saúde.

Não dá para ficar parado. Apesar da rotina atribulada sempre busco fazer exercícios”
Hermes Silva

O professor entre suas alunas fiéis

Felipe Menezes/Metrópoles
Felipe Menezes/Metrópoles

Magro e “sequinho”, como ele mesmo se define, o educador físico foge à regra. Está longe dos tradicionais músculos e corpo definido: ele não faz musculação. “Não é o meu forte”, brinca.

No dia a dia a dieta é regrada, muita salada, água, frutas e refeições leves para aguentar o rojão. “Amo comer coisas boas, testar e provar receitas novas. No final de semana relaxo mesmo”, releva o educador que futuramente pensa em se dedicar a culinária. “Como vivo muito em academia, no tempo livre gosto de ficar em casa com minha mulher e minha filha”, revela.

Amizades

Além da técnica diferenciada, Hermes também é famoso por fazer grandes amigos dentro de sala de aula. “Muita gente está comigo desde os primórdios da minha profissão”.

A advogada Luciana Medeiros é uma das fãs do trabalho do professor. Há mais de 13 anos ela malha diariamente com Hermes. “Ele tem três qualidades de destaque: humildade, competência e profissionalismo. Sempre recicla e estuda novas aulas para a gente”, afirma.

A atenção e o cuidado do professor é o que mais chama a atenção da consultora de moda e aluna Thereza Laudares. Ela conta que Hermes acompanhou todas as transformações do seu corpo. “Desde a minha adolescência até os dias de hoje ele entende minhas fases e me ajuda a buscar o meu objetivo”, sintetiza.

Entre uma música e outra, o que não falta é suor e muita ralação durante as aulas. Com hits do momento e músicas de artistas consagrados, Hermes faz sucesso com suas playlists. “Recebo vários pendrives de alunas por semana me pedindo a sequência de músicas que montei”.

Aulões

Todos os anos o professor realiza dois aulões beneficentes, em julho e dezembro, para ajudar o teatro itinerante Mapati que faz peças para pessoas carentes. “Sempre que posso ajudo. Acho importante doar e ajudar o próximo”, finaliza Hermes.

Neste ano, Hermes comemorou seu aniversário (28/6), em grande estilo no aulão de sábado (25/6). Entre as 130 alunas presentes, muita animação marcou o evento. Com várias luzes em clima de boate, sorteios, camisas e brindes foram distribuídos as presentes. A playlist com os hits do momento foi o sucesso da aula. Depois de suar a camisa, as alunas do educador se deliciaram com degustações de paletas mexicanas, isotônicos e pipocas gourmerts.

Ao final da aula o professor foi homenageado pelas alunas que cantaram parabéns com um bolo feito especialmente para ele e o presentearam.

“Hermes não tem alunas, ele tem fãs. Dentre várias qualidades que você tem, com certeza a sua sensibilidade chama atenção”, discursou uma das alunas em meio a muitos aplausos.

16 de julho de 2016
(198)
mmsmarcos1953@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *