Loading...

Blog

14 05, 2017

Menina ou menino?

2017-05-14T22:19:43+00:00 14 de maio de 2017|0 Comments

Durante o último mês que passou, o impulso era aludir à minha posse no Banco Central, ocorrida há quarenta e cinco anos, em 12 de abril de 1972, quando vivíamos os horrores da ditadura militar, no período capitaneada pelo general Médici (me recuso a chamá-lo de presidente). Não estou com cabeça para registros bacenianos (recém

2 05, 2017

Poemas de um piauiense desgarrado (VII)  

2017-05-02T23:52:55+00:00 2 de maio de 2017|1 Comment

Na postagem nº 206, Arte sobre rodas (VII), de 31 de agosto de 2016, apresentei um mapa do Brasil - concebido pela poeta paulista desgarrada - estampando as cidades por onde o Mapati havia passado com sua arte. Para metidez minha, são mais de cento e cinquenta. Não é incomum o noticiário da TV reportar

24 04, 2017

Servidor empolado

2017-04-24T04:10:40+00:00 24 de abril de 2017|0 Comments

Não adianta nem me abandonar/ Porque mistério sempre há de pintar por aí/ Pessoas até muito mais vão lhe amar/ Até muito mais difíceis que eu pra você/ Que eu, que dois, que dez, que dez milhões,/ todos iguais…  (Esotérico - Gilberto Gil) Nada sei de poemas. Arrisco uma vez que outra e dou uma

18 04, 2017

Transplante fraterno

2017-04-18T19:33:59+00:00 18 de abril de 2017|0 Comments

Podem achar que é por vaidade, não me importo. Sempre que leio no CB matéria com a qual tenho algum vínculo, busco registrá-la neste blog. E não são necessariamente reportagens sobre o Teatro Mapati. Agora mesmo, nesse domingo, 16 de abril, a Revista do Correio referiu uma pessoa que admiro, que considero, que respeito, que

13 04, 2017

Prova dos nove

2017-04-13T04:02:11+00:00 13 de abril de 2017|0 Comments

Doze de outubro, muito longe, seis meses, até lá trajetória acidentada para todos e todas. Acelerarei o calendário festejando desde logo o Dia das Crianças. Comemoro a data, primeiramente um viva às minhas netas: Aline - entra na dança, mesmo já havendo rompido a marca dos vinte anos; Sophia - a segunda da fila, pianista, dez

6 04, 2017

Poemas de um piauiense desgarrado (VI)

2017-04-06T01:58:14+00:00 6 de abril de 2017|1 Comment

Já contei aqui e repiso. Exatamente no dia do massacre, eu me encontrava em viagem a serviço, hóspede do Hotel Guanabara, então em fase de generalizadas obras de melhoria, abarcando quase todos os andares. A escolha pelo pernoite no centro do Rio de Janeiro se devera à proximidade com a Regional do Bacen, frente também

30 03, 2017

Bacenianas (X)

2017-03-30T17:23:45+00:00 30 de março de 2017|0 Comments

 Enfim, o fim com esta décima jornada.   A historinha se passara na Regional do Bacen lá se vão quase cinquenta anos, metade de um século. Se estrelada pelo nosso Ede, ninguém responsavelmente pode garantir. Espanco o fato. Acaricio a pós-verdade (eu não iria mais invocar o termo). Fico com a eventual versão, pois mais importante

26 03, 2017

Bacenianas (IX)

2017-03-26T20:46:43+00:00 26 de março de 2017|0 Comments

Ele perdeu tudo e não quis se separar do vidro com o pênis dentro para ter uma referência do que poderia ter sido. Isso tem a ver com a situação do Brasil. O livro (Pilatos) foi escrito em 72, logo depois dos acontecimentos políticos do final dos 60. Havia um clima de questionamento do que

22 03, 2017

Bacenianas (VIII)

2017-03-22T01:50:44+00:00 22 de março de 2017|1 Comment

A gastrite define-se como a inflamação do revestimento mucoso do estômago. A mucosa do estômago funciona como barreira de defesa, oferece resistência à irritação e, normalmente, pode suportar um elevado conteúdo ácido. No entanto, pode ficar “irritada” e inflamada por diferentes motivos. (Portal São Francisco) Meu prazo de cinco dias úteis esgotou-se. Não haveria tempo hábil para

14 03, 2017

Bacenianas (VII)

2017-03-14T16:06:13+00:00 14 de março de 2017|1 Comment

“Pronto!” Em regiões do Ceará, quando o turista pedia uma informação na rua, as pessoas locais, sempre solícitas, começavam a responder assim, sotaque delicioso: “Pronto, esse hotel que você procura fica a dois quarteirões daqui, em frente ao prédio da unidade de saúde nº 00.” Há cerca de cinco anos (não sei se algo mudou